Falta de aliados deixa vice-governador com futuro incerto

Compartilhe...

Pelo andar da carruagem, o atual vice-governador e secretário de Educação, Luciano Barbosa, segue para uma espécie de isolamento político em 2018.

Vejamos: Barbosa perdeu de uma vez por todas a sua principal aliada política, Célia Rocha, que o consagrou prefeito de Arapiraca em duas eleições consecutivas.

Célia não só abriu um diálogo permanente com o prefeito Rogério Teófilo como de quebra rompeu definitivamente com Renan pai e Renan filho e  caiu nos braços do pré-candidato a senador Marx Beltrão.

Com isso também deu um não com todas as letras ao antigo aliado Teotonio Vilela Filho, pré-candidato a uma cadeira no Senado.

Outro problema para o futuro político de Luciano Barbosa é que ele não forma grupo e apesar da sua boa fase política à frente da Educação de Alagoas, tem deixado muitos aliados de orelha em pé e por, conseguinte, abertos ao diálogo com outras lideranças políticas.

Caso continue como vice-governador na campanha para reeleição de Renan Filho, Luciano Barbosa será, de fato, uma excelente opção para garantir uma boa votação na região de Arapiraca.

Mas se for preterido para continuar na função, provavelmente disputará uma cadeira na Câmara Federal. É aí onde mora o perigo. A sua boa fase pode descer ladeira abaixo já que para garantir aliados por perto terá que manter os bolsos saudáveis e bem abertos.

Será tudo ou nada? É aguardar para ver o que acontece.

 

Fonte:JornalExtra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.