/Tainá do Dr. Lauro não valoriza a vida e gestante padece

Tainá do Dr. Lauro não valoriza a vida e gestante padece

Compartilhe...

Um crime. É a maneira em que a família de Maria Wiliane de S. Silva se refere à prefeita Tainá do Dr. Lauro por conta do descaso empregado a gestante que estava em estado crítico. No dia 25 de janeiro do ano em curso, Maria Wiliane de S. Silva, dirigiu-se ao PSF 5, também chamado de Manoel Rocha Santos, por não estar sentindo-se bem, ao chegar na unidade de saúde foi atendida pela Drª. Claudia, ao examinar a paciente a médica solicitou com urgência urgentíssima uma ultrassonografia para confirmar o estado de saúde do bebê, pois, havia a possiblidade do mesmo estar em óbito.

É quando começa o desprezo da gestão Tainá do Dr. Lauro para com a população e em especial para com a gestante em estado crítico de saúde, uma vez que, a paciente que precisava fazer tal exame imediatamente, foi colocada numa fila de espera a perder de vista, daí seus familiares tentaram interceder, pois, caso se confirmasse a suspeita, Maria Wiliane de S. Silva, poderia também correr risco de morte, porém, mesmo com toda intercessão e mostrando a gravidade do caso, conforme solicitação médica, a postura do funcionário de nome Vinicius, foi reter a solicitação e afirmar que a mesma voltasse com trinta dias. Inconformada, a família em desespero encontrou apoio junto à vereadora Rafaela Albuquerque, que prestativamente, arcou do próprio bolso com as despesas.

Maria Wiliane de S. Santos, moradora da Cohab Nova, passa bem juntamente com seu bebê, os mesmos já estão em casa. Em tom de desabafo, a gestante lamenta pela população que acreditou na Tainá do Dr. Lauro, quando a mesma prometia medico e saúde para todos em abundância, também recorda que nas gestões do ex-prefeito e atual deputado Jairzinho Lira isso nunca aconteceu.