/Dois anos de escuridão no Conjunto Almir Lira.

Dois anos de escuridão no Conjunto Almir Lira.

Compartilhe...

A população residente no Conjunto Residencial Almir Lira, em Lagoa Da Canoa, está à quase dois anos na escuridão por conta do abandono que a prefeita Tainá do Dr. Lauro impõe aos moradores daquela comunidade, ao certo, o que a população dispõe é de escuridão.

Ávida em arrecadar cerca de R$ 32,00 por mês de cada residência do residencial Almir Lira, e para isso luz não falta, a prefeita Tainá do Dr. Lauro é negligente quanto à iluminação pública daquela localidade, uma vez que, ela e sua secretaria responsável pelo serviço de reposição das lâmpadas, têm demonstrado desinteresse pelos moradores do conjunto de uma forma que até parece ser proposital. Numa política mesquinha em que governa para poucos, a cidade de Lagoa Da Canoa vai vivendo seus tormentos sob a batuta de uma prefeita irresponsável que mentiu para a população quando afirmou que segurança era prioridade em seu governo, na prática, o que Tainá do Dr. Lauro fez foi acabar com a guarda municipal e deixar ruas e mais ruas na escuridão, como é o caso do conjunto residencial Almir Lira, causando medo na população e facilitando a vida dos bandidos.

Os moradores do conjunto Almir Lira querem sim, não uma resposta, mas a iluminação imediata das ruas que compõe o conjunto e, não estão pedindo favor, querem seus direitos assegurados e as lâmpadas iluminando as ruas, pois, há dois anos a prefeitura embolsa as taxas de iluminação pública.